Problemas Relacionados a Coluna

COLUNA CERVICAL

                                                                                      Foto - Geny Breda

          A Região Cervical é formada pelas vértebras: C1, C2, C3, C4, C5. C6, C7. Estas têm grande importância para o corpo porque protege a medula, as artérias, as glândulas, as veias, as meninges e as estruturas vitais. Também sustentam a cabeça e a mantém alinhada com a coluna, evitando assim, as degenerações.

          A subluxação ocorre quando há um bloqueio dos nervos que saem por entre as vértebras, e as conseqüências são:
Cervicalgia
Dor de cabeça
Dor na nuca
Enxaqueca
Insônia
Labirintite
Zumbido
E, em alguns casos, até depressão

Assista o vídeo da Nucleusinc sobre o funcionamento da Coluna Cervical.

          O Dr. Angelo Breda é especializado em cuidar de problemas da coluna cervical e seus efeitos consequentes.

COLUNA TORÁCICA

                                                                                                     Foto - Geny Breda

           A Região Torácica inicia na vértebra T1 e termina na T12, de onde saem os nervos dos ombros, braços, cotovelos, punhos, mãos e dedos.  Quando os nervos desta região são comprimidos por subluxações há dores, limitação de movimento, adormecimento, formigamento dos braços, mãos e dedos e fraqueza muscular.
          A repetição de movimentos, como rotação seguida de impacto, pode causar problemas nos cotovelos (frequentes nos praticantes de tênis e golfe), em trabalhadores de linha de montagem que repetem o movimento de prono-supinacão  (como carpinteiros, mecânicos e pintores), funcionários de escritório e operadores de caixas, entre outros. Esta constante repetição pode evoluir para inflamação dos tendões.
          A Síndrome do Túnel de Carpo é comum nestes casos e geralmente ocorre devido ao esforço repetitivo (conhecida por L.E.R - Lesão por Esforço Repetitivo). A dor e a limitação de movimentos ocorrem devido à compressão sofrida pelo nervo mediano. Este passa através da banda de ligamentos do punho, que inflamado, devido a lesão, acaba comprimido entre os ligamentos. Em muitos casos, a causa subjacente é o desalinhamento (subluxação) de uma ou mais articulações do pescoço, ombro, cotovelo ou punho.

          Nestes casos a Manipulação Vertebral é muito eficaz, pois remove rapidamente a subluxação, fazendo desaparecer os sintomas, sem intervenção cirúrgica ou uso de medicamentos

COLUNA LOMBAR

                                                                                                          Foto - Geny Breda

Dores ciáticas
          O nervo ciático é o principal nervo dos membros inferiores. Ele controla as articulações do quadril, joelho, tornozelo e também os músculos posteriores da coxa, perna e pé.
          Quando há inflamação do nervo ciático, geralmente é devido à compressão, na L4 - L5 e L5 S1, por uma vértebra fora da posição na região lombar. Quando isto acontece a mobilidade é prejudicada. Atos simples como sentar, levantar ou andar tornam-se muito difíceis e doloridos. Há dores nos glúteos, quadris, parte de trás da perna ou na perna inteira, tornozelo e, às vezes, adormecimento dos pés e dedos.

          Estes problemas ciáticos sempre têm bons resultados com a aplicação da Manipulação Vertebra

Hérnia de disco

O que é um disco?
          O disco é como um amortecedor feito de uma substância gelatinosa e elástica, que se prende entre as vértebras por um sistema composto por milhares de fibras tão finas como cabelos. Elas sustentam as vértebras - para que se mantenham sempre no mesmo lugar, ajudam a manter a força, permitem o livre movimento, a flexibilidade da coluna vertebral e conservam abertos os buracos (forâmenes) entre as vértebras. Por estes buracos saem os nervos para todos os órgãos e membros do corpo ficando livres de qualquer compressão.

         Assista o video Disco intervetebral

Qual é a causa dos problemas dos discos?
          A lesão do disco pode se originar por diversos fatores: uma queda (por girar rapidamente), acidente com veículos ou máquinas (trauma), levantar coisas de forma inadequada, movimentos repetitivos, vida sedentária, dormir ou sentar de maneira errada, diferença no comprimento das pernas, má postura, obesidade crônica, posições incorretas ao fazer exercícios, má nutrição e envelhecimento.

          A dor e outros sintomas podem ser causados por uma saída anormal do disco (ânulos fibrosos), enfraquecendo e deixando a parte central (núcleos pulposos) sair lateralmente. Quando o disco sai de sua posição, sem passar pela margem da vértebra, chama-se protusão. Hérnia de disco é quando a protusão toca os nervos.


Assista o vídeo da BioOrtoclinic sobre Hernia de Disco


          A hérnia de disco pode ocorrer em qualquer disco da coluna vertebral, porém  é mais comum na cervical (principalmente C5-C6; C6-C7) ou lombar (principalmente L4-L5; L5-S1).

          O Dr. Angelo Breda consegue eliminar a compressão que a hérnia e a inflamação associadas causam ao nervo, devolvendo a função normal à articulação. Não é milagre. E pode demorar de uma semana a vários meses. Em casos raros, quando não é possível devolver a função da articulação, impossibilitando a remoção da compressão no nervo há o encaminhamento para a cirurgia. No entanto, a grande maioria dos casos pode ser tratada através da Manipulação Vertebral.



Nenhum comentário:

Postar um comentário